Mural de Recados

Deixe um recado no mural do Sidinei Robis:

Últimas Mensagens enviadas

  • desconhecidode ibaiti paraná 21/09/2014 às 18:31
    ola boa tarde aqui de frente a minha casa esta com uma bagunça festa com bebidas, drogas, com adolescentes, carro no meio da rua, tampando a garagem do meu vizinho ,eu vi isso e logo depois denunciaram a policia e demorou uns 10 minutos a policia chegou ,e uma mulher saiu do carro da policia e entrou na festa para curtir tambem . e um pouco antes da policia chegar o carro que estava na garagem do vizinho saiu e a (a policia chegou e entraram e participaram da festa ) . isso é papel da policia ?
  • Carolde Ibaiti 17/09/2014 às 19:21
    Aehhhhhhh Galera, estão todos convidados para o Risca Faca do Belezão final de semana. Não esqueçam de levar suas armas, pode ser: Facão, facas, punhais, revolver, espingardas, pistolas, enfim, toda e qualquer forma de arma de fogo ou branca! Abraços!
  • Daniele Ribeirode Ibaiti-PR 16/09/2014 às 01:27
    Bom dia Sidnei, gostaria que vc passasse meu numero de tel. por favor moro em Ibaiti e preciso muito trabalhar oq acontece é que não tenho experiência e estou a procura do 1º emprego se vc puder me ajudar eu agradeço Deus o abençoe 43 91892175
  • Antoniode Ibaiti 16/09/2014 às 00:38
    Sidinei, só uma duvida, como não houve nenhum comentário em seu programa hoje sobre o acontecido no Bailão do risca faca, gostaria de saber se nesse caso também não houve a culpa da prefeitura ou mais especificamente do prefeito. Fala ai pra nós... é fácil apontar o dedo pros outros, difícil é apontar o dedo pra si mesmo.... estarei amanha ouvindo os seus comentários sobre o caos da violência neste bailão, afinal situações como essa são recorrentes neste recinto...
  • Alemão Belezade Ibaiti 15/09/2014 às 23:02
    Se possível, faça um comentário das facadas que o cidadão levou lá no seu Bailão. O rapaz está bem! Pagou a conta no Bailão! Vamos ajudar ele, SRobis. Hoje, no seu Programa, ninguém falou nada, nem o Vitor PR!
  • Alemão Belezade Ibaiti 15/09/2014 às 22:59
    É Sidinei, a faca comeu solta no seu bailão. Que isso véio, cadê a segurança! Desse jeito não dá! Sugestão no Bailão do Risca Faca: distribuir na entrada, colete à prova de faca e bala, também! Até mais.
  • Desempregadode Jaboti 26/08/2014 às 16:09
    Boa Tarde a todos meu nome é Maikon tenho 23 anos e estou aqui a procura de emprego sei que tem algumas pessoas que vão fala sobre o frango pioneiro então já pensei eu ir la só que eu moro com minha mãe e ela é muito doente então estou a procura de serviço aqui por perto pode ser em Pinhalão, Jaboti, Japira e Ibaiti tenho carteira de carro e moto já trabelhei 2 anos na Cafeeira em Pinhalão quem saber de um serviço entre em contado comigo o numero é 4384591262 obrigado pela atenção de todos vocês.
  • mariade ibaiti 20/08/2014 às 14:12
    moro no joão edimundo de carvalho na primeira rua subindo a estação nova da sanepar pesso de coração passe uma veis so na nossa rua para voçe ver qui situação que ta agradesso pela atenção pois a turma do amocherifado podia pelomenos jogar uma terra para tampar as valas um abraço da sua olvinte de todos os dia venha ver uma veis so obrigada
  • dtwyymxqde nFNlQWaX 20/08/2014 às 11:34
    gbzsmb
  • Geraldode Ibaiti 20/08/2014 às 00:49
    Comportamento - 19/08/2014 14:07h Briga por causa de herança vai parar na Polícia em Ibaiti Sequestro, agressão física e medo clique para aumentar Briga por causa de herança vai parar na Polícia em Ibaiti Briga por causa de herança vai parar na Polícia em Ibaiti Briga por causa de herança vai parar na Polícia em Ibaiti O relacionamento familiar tão estimulado por diversos setores da sociedade inclusive com programações valorizando o convívio entre os integrantes não faz parte de alguns casos no Norte Pioneiro, como se pode constatar no município de Ibaiti. No último dia 12, na parte da manhã, a jovem Bárbara Cristina da Costa Santos(foto), 26 anos, foi agredida violentamente quando estava em sua residência, à Rua Nilo Sampaio, em área central daquela Cidade e, o mais interessante, é que os agressores foram seu próprio irmão e sua cunhada, Gustavo da Costa Santos, 38 anos e sua esposa Alessandra Luiza Garcia Santos, 44, que invadiram a residência e não respeitando inclusive o fato de Bárbara ser surda-muda, partiram para as agressões. O esposo de Bárbara, Alexandre, que também é surdo-mudo(deficiente auditivo), tentou defender a esposa, mas, também sofreu agressões físicas. O motivo das agressões seria em decorrência de disputa pela curatela*do patriarca da família, Francisco José dos Santos que seria portador de quadro incurável de demência, que é um desarranjo mental e, portanto, incapaz de auferir algum resultado positivo em suas ações ou iniciativas. Já a matriarca da família, Regina de Fátima Sakamoto teria conseguido, na Justiça, uma medida liminar de curatela do esposo e, em razão disso, o filho Gustavo, que agrediu a sua irmã Bárbara, teria perdido ‘poderes’ de administração de alguns bens da família e por isso se revoltou. Ele, vinha, há algum tempo, respondendo por decisões importantes dos assuntos relacionados ao seu pai Francisco José dos Santos e bens que possui e, com a transferência de responsabilidade para a matriarca da família, Gustavo passou a manifestar este tipo agressivo de comportamento. Outro fato intrigante é que o filho Gustavo ‘escondeu’ o pai Francisco Santos e, por enquanto, ninguém da família sabe de seu paradeiro e, procurando por informações, o filho nada fala, hesita em tocar no assunto e faz de tudo para manter sua postura guardião do pai. Ele teria sequestrado o genitor. Ao que tudo indica e, em razão do grau de parentesco, o crime de agressão de Gustavo e Alessandra contra Bárbara será enquadrado como violência doméstica na Lei “Maria da Penha” nº 11.340/2006 o que agrava ainda mais a responsabilidade para com os agressores. Aliás, esse não é o primeiro episódio de agressão protagonizado pelo casal Gustavo e Alessandra com membros da família. Devido ao fato das agressões terem ocorrido Alessandra Santos está sendo processada por danos morais e matérias e o processo nº 0003680-45.2013.8.16.0089 está em tramite perante a Vara Cível da Comarca de Ibaiti. Procurando evitar novos episódios como o ocorrido dia 12, o Juiz da Comarca de Ibaiti expediu medida protetiva determinando que os agressores Gustavo e Alessandra não cheguem a menos de 200 metros da vítima e seus familiares: “Processo N.REF. PEDIDO SICC Nº. 0002019-31.8.16.0089 – CONTROLE 2013.490-8 – esse motivo contra a nora” e “Processo (nº 001947-44.2013.8.16.0089 – controle 2013-469-0) esse motivo contra o filho”. À reportagem do npdiario membros da família disseram que estão em “pânico com a violência” e que irão “ingressar com processos cível e criminal para punir os culpados”. Veja, a seguir, a íntegra do Boletim de Ocorrência (BO) Unificado feito na 37ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Ibaiti, às 16h52min, do dia 12 de agosto. “Descrição sumária da ocorrência: compareceu nesta delegacia de polícia acompanhado de seu advogado e intérprete Dr. Cesar Augusto de Melo e Silva Júnior, a declarante e seu esposo Alexandre (ambos deficientes auditivos) comunicando que estavam em sua casa no dia de hoje por volta das 10h40 da manhã quando o pai da noticiante, Sr. José Francisco dos Santos que estava desaparecido há cerca de 6 meses chegou na residência do casal, que antes mesmo que o pai pudesse entrar dentro da casa, a Sra. Alessandra Luzia Garcia Santos e seu marido Sr. Gustavo da Costa Santos invadiram o imóvel e pegaram o Sr. José Francisco pelo braço objetivando impedi-lo de entrar no imóvel, que em razão da violência do casal o Sr. José Francisco caiu no chão e rolou pelas escadas da casa, que a noticiante Bárbara tentou socorrer o pai mais foi violentamente agredida pela Sra. Alessandra que a puxou pelos cabelos e derrubou no chão... que então o irmão da noviciante e marido de Alessandra, Sr. Gustavo começou a desferir-lhe socos na face do noticiante causando vários ferimentos, que o Sr. Alexandre, convivente de Bárbara, tentou socorrer a esposa mas também foi agredido pela Sra. Alessandra e pelo Sr. Gustavo que o derrubaram no chão e rasgaram sua camisa. Deseja que seja aberto inquérito para apuração do crime e punição dos culpados; que os noticiantes foram encaminhados ao plantão médico para atendimento e posterior confecção de laudo de lesões corporais. Nada mais. Natureza(s) constatada(s): Lesão corporal, violência doméstica e familiar, crimes contra a pessoa, violência doméstica”. Acompanha o boletim de ocorrência o responsável pelo preenchimento e o delegado Pedro Dini Neto assinou o BO. No Segundo Batalhão de Polícia Militar de Curitiba, há outro Boletim de Ocorrência (BO) Unificado com data de registro de 13 de junho de 2013, ou seja, a natureza da ocorrência é “Vias de Fato – Lei nº 3.688/41 – Contravenções Penais”, contra Alessandra Garcia que havia invadido a residência de sua sogra, Dona Regina Sakamoto e, descontrolada, manifestava-se também agressiva a ponto de espanca-la durante a noite, conforma aponta o registro do BO. A reportagem contatou com o advogado de Ibaiti, César Augusto de Melo e Silva Júnior para falar sobre o assunto e ele informou que “a família da vitima está em pânico e consternada com a situação e que inclusive as autoridades deferiram novas medidas protetivas contra o casal de agressores”. Para o advogado, “enquanto o interditando (José Francisco dos Santos - patriarca da família) continuar mantido escondido pelo filho Gustavo e não comparecer às audiências para depor, submeter-se a interrogatório pericia médica para avaliação de sua incapacidade, os problemas persistirão e a família da vítima continuará em sérios riscos”. Interessante que o alvo é uma propriedade rural que vale em torno de dois milhões de reais, relativamente pouco se levado em conta o alto grau de violência registrado. *O que é tutela? É o encargo atribuído pela Justiça a um adulto capaz, para que proteja, zele, guarde, oriente, responsabilize-se e administre os bens de crianças e adolescentes cujos pais são falecidos ou estejam ausentes até que completem 18 anos de idade. O que é curatela? É o encargo atribuído pelo Juiz a um adulto capaz, para que proteja, zele, guarde, oriente, responsabilize-se e administre os bens de pessoas judicialmente declaradas incapazes, que em virtude de má formação congênita, transtornos mentais, dependência química ou doenças neurológicas estejam incapacitadas para reger os atos da vida civil, ou seja, compreender a amplitude e as conseqüências de suas ações e decisões (impossibilitadas de assinar contratos, casar, vender e comprar, movimentar conta bancária, etc). Quem é o tutor e o que dele se espera? O tutor é um cuidador. Os cuidadores podem ser primários ou secundários. Os cuidadores primários são o pai e a mãe. Os tutores são cuidadores secundários, ante a impossibilidade dos pais, seja em função de óbito (morte), ausência ou destituição do poder familiar, de fazê-lo. São eles designados pelo Juiz, assumindo o compromisso legal de zelar pelos direitos e garantias do menor tutelado, promovendo-lhe a educação, saúde, moradia, lazer, convívio familiar, etc. O tutor é o representante legal da criança ou adolescente tutelado. É o tutor que administra o patrimônio (pensão, aluguéis, contratos...) do tutelado, suas despesas e dívidas e o representa nos atos da vida civil, tais como: matricula na escola ou cursos, autoriza viagens, autoriza internamentos hospitalares e cirurgias, etc; responsável também pela função afetiva, anteriormente desempenhada pelos pais.
  • MakersWeb - Desenvolvimento Web
  • Diego Martins Som e Luzes
  • Mural De Recados
  • Radio Colinas Fm 91,9
  • Anuncie Aqui
  • Alien Network Telecom
Desenvolvido por MakersWeb